sábado, 23 de julho de 2011

O Abraço com África.



(Ele é uma explosão de cor e inocência...)



(Uma menina abandonada há 3 dias na Matola e recolhida na casa das Hospitaleiras que visitei em Maputo...)



(A Toninha, uma alma boa...mas sofrida)


África.Moçambique.Primeiro Maputo.Depois Nampula e por fim Lichinga.
Assim eu cheguei ao meu destino.
Por tantas razões...que eu já vi, e pelas que ainda não conheço, sei que este é o meu lugar neste momento
A viagem correu bem, foi apesar das 10h e depois  mais 3h dentro de aviões, das melhores viagens que fiz.O ambiente foi sempre simpático.Várias crianças voaram no mesmo vôo e portaram-se lindamente.Foi exemplar.Conheci uma data de gente interessante e que me ensinou muito sobre Moçambique.Gente que me dissipou receios e mitos, que sempre nos assolam.
Ainda no caminho, pensava em tudo o que lá ficou, mas ainda mais no que iria encontrar.
É, e foi um choque o que os nossos olhos podem tocar... a saída do aeroporto para a cidade de Maputo é o contraste.O lixo é muito, os chapas,(pequenos autocarros), apinhados de gente, as regras de trânsito que não existem...e o semblante de quem lá anda, pelas bermas da estrada ou da linha do comboio ás vezes a vender coisas tão pequenas.A luta pela sobrevivência é uma constante.Isto é o que salta logo á vista e choca mais.
Depois há as cores e a que mais me marca a da terra vermelha, as crianças que correm livres e descalças, há a luz do dia que alta vai pela madrugada das 5h30 da manhã, e se esconde pelo meio da tarde, 17h30 é noite.Estou de facto muito longe de casa.Desta vez é o longe.E esse longe traduz-se em tudo o que eu ainda não consigo compreender, que não pretendo mudar, mas que vou certamente abraçar.
E só este abraço já tem tanto que se lhe diga, tanto de belo como de doloroso.Estranho tanto tudo isto é o sentimento mais forte que tenho, por agora.Sinto-me paralisada, ainda.Sei que o sol que virá a aquecer estes campos, me aquecerá a mim também.
Preciso de tempo.
Fiquem a rezar por nós.

2 comentários:

Ana Salvado disse...

A tua coragem é notória Rita ! O teu grande coração vai aquecer esses tantos que estão em África , sei que vais conseguir superar mais esta grande etapa da tua vida talvez seja uma das mais marcantes quem sabe... deve ser difícil assimilar tudo tão de repente mas vais conseguir com o tempo tudo começara a fazer mais "sentido". Deve ser difícil de aceitar/ver como é que uns tem tudo o que querem e chegar a um lugar onde se luta pela sobrevivência... Vou rezar por ti e por todos os que ai estão tem um grande coração , um dia quero também pertencer a essa grande "família" que ajudou pelo mundo fora e sem duvida dque África será um dos meus destinos .
Beijinhos de força e coragem * <3

Anita disse...

Minha querida amiga de coração!
Estou a rezar por ti, pela tua missão e por todas essas pessoas que tu vais abraçar da melhor form que há: com o coração!
Que Deus te acompanhe! =)
Anita